ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Maruim participa do lançamento do Agosto Lilás

A ação aconteceu na manhã desta quarta-feira, 9

09/08/2017 21:07 - atualizado em 22/06/2018 22:04

Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Maruim participa do lançamento do Agosto Lilás

 

agosto lilásNa manhã desta quarta-feira, 9, a coordenadora municipal de Políticas Públicas para Mulheres de Maruim, Clécia Lira dos Santos, participou do lançamento do Agosto Lilás. O evento realizado na Praça General Valadão, em Aracaju/SE, celebrou os 11 anos da Lei Nº 11.340/2006, popularmente conhecida como Lei Maria da Penha.

A iniciativa foi uma promoção da Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão e Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh), Prefeitura de Aracaju, Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Sergipe (OAB/SE), Sebrae, Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), Tribunal de Justiça de Sergipe e movimentos sociais. No local foram disponibilizados atendimento jurídico e psicológico, atividades físicas, apresentações artísticas, palestras sobre a Lei Maria da Penha e sobre o empreendedorismo.

De acordo com a coordenadora municipal de Políticas Públicas para Mulheres de Maruim, Clécia Lira dos Santos, a Lei Maria da Penha tem uma importância imensurável para a sociedade. “A Lei tem sua efetividade quando existe a denúncia contra o agressor. A vítima deve ligar 180 e buscar apoio junto as coordenadorias das mulheres, que estão espalhadas nos municípios sergipanos”, alertou.

Em Sergipe, existem cinco delegacias da Mulher, que estão situadas em Aracaju, Lagarto, Estância, Itabaiana e Nossa Senhora do Socorro. As delegacias funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Após este período, a vítima deve recorrer à Delegacia Plantonista.

Também prestigiaram o evento, o secretário de Estado da Mulher, Inclusão e Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos, José Sobral (Zezinho Sobral); a coordenadora estadual de Políticas para as Mulheres da Seidh, Edivaneide Lima; a coordenadora da Mulher do Município de Aracaju, Maria Teles e a coordenadora do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis – DAGV, da Polícia Civil, a delegada Mariana Diniz.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS