ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Brigada itinerante inicia força-tarefa contra Aedes aegypti em Maruim

A ação seguirá até o dia 24 de maio

22/05/2017 13:16 - atualizado em 30/11/-0001 00:00

Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Brigada itinerante inicia força-tarefa contra Aedes aegypti em Maruim
A Prefeitura de Maruim, através da Secretaria de Saúde e Saneamento, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Fundação Estadual de Saúde (Funesa), iniciou nesta segunda-feira, 22, força-tarefa contra o mosquito Aedes aegypti. A ação da brigada itinerante prossegue até quarta-feira, 24, e pretende eliminar os possíveis criadouros do mosquito.
Durante a ação, equipes de saúde do município e do estado, visitarão os domicílios com o objetivo de tratar ou eliminar possíveis focos, que possam contribuir com a proliferação do mosquito Aedes aegypti, que pode transmitir a Dengue, a Chikungunya e o Zika Vírus.
Para a secretária municipal de Saúde e Saneamento, Francielle Andrade Costa Souza, o trabalho da brigada itinerante do estado em parceria com o município é fundamental para a manutenção do quadro satisfatório. “Em 2016, de acordo com dados disponíveis no portal do Ministério da Saúde, o Índice de Infestação Predial (IIP) registrado em Maruim no Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LirAa) foi equivalente a 0,9, que corresponde a um índice satisfatório”, comemorou.
A secretária alerta que os trabalhos não param. “Independente da presença da brigada itinerante, os agentes do município realizam o trabalho de visitas domiciliares. Quando a briga estadual nos visita, este trabalho é intensificado, mas o trabalho não para”, alertou a secretária municipal de Saúde e Saneamento.

Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS