Ampliar Fonte
Reduzir Fonte
Normalizar Fonte
Mudar Contraste
Página

História

Topônimo: "Maruim" é originário do termo tupi mberu'i, que significa "mosca pequena".

Segundo alguns historiadores, Sergipe nasceu em Maruim. Recentemente, a bióloga e historiadora Maria Lúcia Marques Cruz e Silva, filha de Maruim, expôs achados históricos do município. São milhares de peças e documentos que revelam o apogeu e a decadência do Empório de Sergipe. A força política desse município já foi tão grande que houve épocas em que existiam oito consulados, todos construídos graças às plantações de cana-de-açúcar e de algodão, os quais atraíam os europeus.

O primeiro povoamento nasceu no encontro dos rios Sergipe e Ganhamoroba, aos arredores do Porto das Redes (antiga Alfândega de Sergipe). Mas, como havia muitos mosquitos, a povoação se mudou do local.

Maruim já foi dependente de Santo Amaro e Rosário do Catete, somente vindo a ser emancipada após o governador da época, Manoel Ribeiro da Silva Lisboa, em 19 de fevereiro de 1835, elevá-la à categoria de vila e, logo em seguida, à de cidade.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARUIM

PR BARAO MARUIM, 66 - CENTRO CEP 49.770-000 Maruim/SE

(79)93275-1371

gabinete@maruim.se.gov.br